Eu Vi o Medo

Hoje eu vi o medo! Não em mim, mas no rosto de outra pessoa…

Estava eu jogando RPG, na casa de um amigo, de frente para a janela quando todos escutam uma forte batida e o carro de um dos jogadores da “um passo a frente” não dava pra ver a traseira do carro devido ao murro, mas com o barulho foi obvio o que havia ocorrido, fui o primeiro a sair com rosto preocupado e estava lá saindo de um carro bem detonado uma moça… Ela começou a se explicar e eu fiquei na minha e antes que pensasse em falar alguma coisa do meu lado já estava um amigo mais alto que eu (possuo 1,79m e a mulher no máximo 1,65), a mulher arregalou os olhos, outros 4 amigos saíram em seguida (todos homens) a guria deu um passo para trás e começou a chorar…

Nunca vi tanto pavor no rosto de alguem! Deve ter passado pela cabeça dela “vou ser linchada”, mas para sua sorte o dono do carro é o cara mais calmo do universo e não só acalmou a moça como a todos.

————-

Resumindo a moça estava na estrada quando de repente ao ajeitar o cinto sua mão mexeu sem querer no volante e o carro se lançou contra outro carro na calçada. A mulher não sofreu UM arranhão, mas o carro dela…. Sobrou os bancos e a traseira…

Eu até entraria no fato, de politicamente correto, e se houvesse uma criança no lugar do carro, ou ainda cair para o lado do humor e falar que para acertar um carro parado na calçada tinha que ser mulher (mesmo eu sendo um péssimo motorista), mas prefiro ficar quieto, pois aquela mulher pagou por seu erro, vai pagar os estragos, recebeu um belo esporro de seu pai (que surgiu depois) e tomou o maior cagaço de sua vida, isso eu garanto, pois repito NUNCA vi tanto medo no rosto de alguém!

Anúncios

4 Responses to Eu Vi o Medo

  1. Michel disse:

    Era legal se soubeste o nome da guria, aí o título ficaria mais legal.

    “Eu vi o medo, e seu nome é Doralice!” 🙂

    A sensação de ter o carro estacionado na frente de casa e de repente ouvir um cantar de pneus tentando frear seguido do som da batida também é traumatizante.

    Isso já aconteceu comigo e, se não fosse uma turma de curiosos pra correr e impedir, o cara quase fugiu, e eu teria ficado no prejuízo.

  2. Gustavo disse:

    Pequeno detalhe, não ouve som de freiada, foi direto mesmo.
    Silêncio e derepente “POW”!

  3. Fábio disse:

    Achei bem legal a postura do Diogo, que se manteve calmo e soube levar a situação sem nenhum atrito além do que ocorreu entre os carros.

  4. Michel disse:

    Realmente. Ótimo roleplaying da parte dele. 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: