O Dia D, Papai e Mamãe.

Depois de fazer o concurso fiquei entrando no site da furb (organizadora do mesmo) todos os dias, mais de uma vez por dia. Na data marcada pra sair o resultado eu fiquei como um zumbi diante do PC apertando F5 de cinco em cinco minutos, mas como sempre acontece apenas bem anoite saiu o resultado, meus pais dormiam e eu fiquei tentado a acorda-los, mas decidi não. Meu irmão estava acordado, por sinal estava pronto para sair (era sexta anoite), eu cheguei pra ele e disse me dá um abraço, e ele porque? E eu me dê a droga do abraço! E ele deu. Ai eu expliquei que passei e ele deu outro abraço, só que agora foi mais entusiasmado.

Passei a noite contando para todo mundo do msn o quanto eu era um cara feliz!

No dia seguinte acordei cedo, queria contar a novidade aos meus pais, juntos, mas minha mãe estava dormindo e meu pai fazendo café (era sábado as sete da manhã), meu pai notou que eu estava inquieto e perguntou o que foi, e eu não me agüentando mais respondi passei no concurso pra gaspar ele me olhou incrédulo, riu e perguntou se era mesmo verdade ( O_O ), ai eu confirmei e ele me abraçou e tal…

Logo minha mãe levantou e eu cheguei pra ela e dei a noticia, ela riu e achou que eu tava brincando ( O_O² ao que parece meus país não confiam muito nas minhas capacidades), depois ela ficou triste e disse vás me abandonar… Foi bem triste ela ficou meio assim. Mas agora os dois me apóiam estão felizes por mim e estão me ajudando nessa transição, ajudando em todos os sentidos: Financeiro, me ensinando a cozinhar, cuidar da casa, etc…

Acho que no inicio foi tudo muito estranho para eles, mas agora tudo está bem, o que me mata é a espera… Tenho certeza que para tudo sempre terei o apoio deles.

(Post sugerido pela leitora, e amiga, Tati, e você alguma sugestão?)

Anúncios

2 Responses to O Dia D, Papai e Mamãe.

  1. Michel disse:

    Bom poder contar com o apoio dos pais nessas horas. E, no início, aproveite mesmo pra contar com esse auxílio, pois primeiro: eles vão querer participar ao máximo dessa mudança na tua vida; e segundo: melhor contar com eles agora do que te endividares, ou trocares os pés pelas mães, e depois ser obrigado a pedir por algo que não quiseste aceitar antes.
    Bem, mas deixar eles participar não significa deixar que eles decidam por ti. O negócio é mostrar pra eles como tu és um cara responsável, e aos poucos estabelecendo alguns limites (principalmente pra màe, que normalmente vai querer sempre que tu leves alguma coisa pra Gaspar a cada vez que estiveres em Floripa – comida congelada, roupa lavada, um casaquinho a mais -, isso sem falar nas faxinas quando for te visitar (do tipo, “eu estava sem nada pra fazer, daí aproveitei pra dar uma esfregadinha nos azulejos do banheiro”).
    Ah… sucesso em Gaspar.

  2. Tati disse:

    post legal..
    fico com pena da sua mae.. mas tenho certeza que ela (assim como seu pai) esta orgulhosa do filho que tem..

    =*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: